Posts Marcados Com: relato

EGM 2011: impressões sobre o laboratório

Dia 5 de fevereiro 2011, 7h. São Paulo. Manhã ensolarada de sábado. Junto com amigos. Rumo a São José dos Campos.

Na ida para São José dos Campos já deu para começar a sentir o gostinho de Encontro chegando, afinal é impossível não recordar de Encontros, quando estamos numa caravana de 4 carros em que todas as pessoas se conheceram ao longo dos anos ou em Encontros ou em em turmas de Mocidade. Bate-papo alto-astral, viagem tranqüila, tirando um dos carros que se desgarrou da caravana e quase parou em Ubatuba (rsrsrsrs).

9h20min. São José dos Campos. Manhã MUITO ensolarada.

Sempre sinto aquela emoção boa de rever irmãos de ideal de muitos anos e também novos companheiros que com certeza vieram agregar mais valor ao Evento. Abraços e sorrisos sinceros, começo a me sentir em casa mais uma vez.

10h20min (eu acho). Preparação e primeiras palavras. Dinâmica pro Grupão

Após prece, a dupla Carlos e Cauê fizeram considerações sobre a importância do Encontro e a necessidade de um trabalho de equipe organizado, na seqüência Filippo e Miltinho fizeram um apanhado geral do status do trabalho e os desafios a serem vencidos. Bastante trabalho a vista, o que é ótimo, pois é um trabalho que eu amo realizar e que vai ser feito em conjunto com pessoas que estão reunidas por um objetivo elevado.

Depois a Rejane e a Bia assumiram o comando do Grupão (estávamos em cerca de 180 pessoas, eu acho) e começaram uma dinâmica de grupo que ressaltou a importância de cada um no trabalho.

11h e uns quebrados. CALOR EQUATORIANO.

** ANOTAÇÃO MENTAL 1 – levar somente roupas leves e claras para o Encontro, desodarante deve ser o primeiro item para colocar na mala **

Feita a divisão das frentes de trabalho cada um para um lado. Eu me inscrevi para ficar na Estrutura. Este grupo foi dividido em 3, para fazer um tour pelas escolas que sediarão o Encontro.

Na escola estadual, que servirá de alojamento para portadoras de genes XX, também funcionaram as salas de atividades, refeitório, plenária e enfermaria. Passando pelos dormitórios/salas-de-atividade, foi mostrado o projeto de piloto que visa otimizar o espaço para as pessoas dormirem. A idéia é organizar a disposição dos colchões e malas de forma planejada, para que em cada sala as pessoas fiquem melhor acomadadas e com melhor aproveitamento do espaço. Espero que todos os participantes do Encontro comprem a idéia e façam ela dar certo!

A escola municipal basicamente irá acolher os portadores de genes XY e câmara de sustentação.

** ANOTAÇÃO MENTAL 2 – esse ano os meninos vão se dar bem (rsrsrs), apesar das salas serem pequenas, a escola é uma belezinha: bem conservada, arborizada, banheiros com espelho (luxo!), tem até uma seqüência de torneiras com água gelada! **

** ANOTAÇÃO MENTAL 3 – HIDRATAÇÃO, essa é a palavra-chave para manter o bem estar físico no encontro (válido para todo mundo). Meu velho cantil é o item número 1 da mala. Ops, o número 1 é o desodorante… tudo bem, os dois dividem o primeiro lugar. **

12h, quase 13h. Almoço. Céu azul, sem nuvens com uma bola de fogo gigante (vulgo Sol) ardendo.

Rango firmeza. Comi satisfatoriamente bem. Sempre que faço refeições em Encontros, lembro de uns camaradas de tempos passados que tinham fundado a “Fraternidade dos Gafanhotos” (imagina o tamanho do prato dos caras). E toda vez que me lembro disso, fico rindo sozinho.

14h30min. Volta do almoço. Imagine o pólo norte. SJC era o antônimo dele.

** ANOTAÇÃO MENTAL 4 – Protetor solar com certeza é o item número 2 da mala. **

** ANOTAÇÃO MENTAL 5 – Vou ver se existe protetor solar com repelente (necessário também), assim economizo espaço na mala **

Volta do almoço, breve prece de abertura, frentes de trabalho se dividem novamente. O Daniel e a Joyce fazem um apanhado geral das atividades para a equipe de Estrutura, da qual faço parte. As atividades estão simplesmente demais! Deu uma vontade GRANDE de ser monitor (para alguns a vontade foi irresistível, rsrsrs). Tenho certeza de que os participantes vão curtir muito.

16h (eu acho) – Divisão das equipes de trabalho da Estrutura. Sol um pouquinho mais piedoso. Bem pouquinho.

A estrutura é dividida em ronda, limpeza e cozinha. Eu vou participar da equipe de ronda, que por sua vez vai funcionar em 3 turnos de 8 horas ao longo do Encontro. (Para quem é primeira vez: deu para ver como tudo precisa de planejamento para o Encontro dar certo?).

Posso falar da equipe que vou participar, que é a ronda: a reunião que realizamos serviu para nos concientizarmos do que será o trabalho e a sua importância. “Um sorriso vale mais”, é o lema da ronda, o que eu gostei bastante e desejo que seja o comportamento de todos!

17h e qualquer coisa. Sol exibidão, mas suportável. Encerramento.

Prece de encerramento do dia. Equipe de estrutura dispensada. O domingo terá foco no laboratório de atividades. Dá uma vontadezinha de ficar com os amigos, mas tenho que partir. Na volta para São Paulo, conversa animada no carro, que por acaso estava cheio dos ditos “dinossauros”. O mais novo de Encontros participa deles há uns 6 anos eu acho.

Muitas risadas lembrando de “causos” engraçados de encontros (isso ainda rende um stand up comedy, ops… ANOTAÇÃO MENTAL), reflexões sobre o momento atual frente ao passado e a certeza de que este será mais um Encontro sensacional, em que poderemos juntos viver dias maravilhosos.

Texto enviado por Evandro (Regional SP Leste, mas com um pé no ABC…)

Categorias: Diário de Bordo, Encontros | Tags: , , , , , , , | 2 Comentários

Relato da Câmara do Encontro Regional 2010

Caros, leiam abaixo o relato da Câmara de Sustentação do sábado do Encontro Regional 2010.

Que possamos permanecer nessa paz, nessa harmonia.

Companheiros queridos, é com grande satisfação que estamos aqui em grande número.

É necessário sentir a importância da educação, não só a intelectual mas a educação no trato com o semelhante, e em especial a educação espiritual, que é a pérola que Jesus criou, essa educação que faz com que o ser cresça para Deus, essa educação espiritual que leva ao desenvolvimento da essência divina que trazemos em nosso íntimo.

Através dela haverá a transformação do ser, elevando-o cada vez mais. E se tornando fatos de transformação em seu meio porque esse jovem será um exemplo aos que estão à sua volta.

É necessária essa educação para a transformação da terra, a humanidade do 3° milênio.

É grande a preocupação relacionada às drogas, que é o mal que arrebata os jovens da terra. A espiritualidade se utiliza desses eventos para erradicar esse grande mal que aflige a humanidade.

Fiquem com Deus e muita paz.

Mensagem recebida no 18° Encontro Regional de Mocidades do ABC, no dia 16/10/2010 pela médium Elenir Barbosa.

Foi visto

Amigos de Luz cuidando da proteção da escola, outros trabalhando dentro da escola, muitos jovens desencarnados que vieram para receber auxílio, principalmente os mais necessitados.
Entidades fazendo doação de energia, grande equipe de proteção.

O ambiente bem preparado, protegido, com muitas flores, envolvimento com os coordenadores do evento e dirigentes de mocidade. O ambiente se ampliou formando câmaras, resgatando jovens ligados às drogas que foram socorridos.

Muita luz no pátio principal onde estão os jovens.

Todos que trabalham nesse movimento de coordenação e direção de mocidade são comprometidos com esses jovens, há dívidas do passado com eles. Não desanimar, mesmo quando achar que não estão fazendo nada ou pouco.

Categorias: Encontros | Tags: , , , , , , , , , | 1 Comentário

Depoimentos do Encontro Geral

Queridos irmãos de mocidade, confiram abaixo os primeiros relatos de participantes da Regional ABC no 36º Encontro Geral de Mocidades Espíritas que aconteceu entre os dias 21 e 24 de fevereiro na Regional SPOeste:

O Encontro foi tudo de bom. Primeiramente rever e fazer novos amigos. Depois, aprender e muito.

Muita luz.

Agora, o mais impressionante, que destaca esse encontro dos demais é a forma de que ele atingiu seus objetivos.

O tema do encontro era: “Minha Vida, Dois Planos”, e foi isso mesmo que aconteceu. Quem tinha “olhos de ver” pôde ver, a interação entre os dois planos foi fantástica, as atividades envolviam aprendizados para ambos, o tratamento também foi impressionante, principalmente sobre o plano espiritual. Quem estava no encontro recebia telefonemas dizendo que as coisas estavam se acertando no lado externo da escola, por mais que não tenha sido da forma mais gostosa em alguns casos.

As mensagens sempre chegavam, e sempre dizendo que diversos amigos desencarnados estavam sendo tratados, principalmente envolvidos com vibrações de drogados e de abortos. Além de estarmos envolvidos por diversas fraternidades do espaço. Foi impressionante.

Um encontro onde os dois planos pareceram, mais do que nunca, um só.

Abraços a todos os amigos, encarnados e desencarnados.

Felipe Vasconcellos de Siqueira (participação como monitor de atividade)
Casa de Timóteo – SBC

A sensação de alegria, de realização, invadiu nossos corações durante os 4 dias do 36º Encontro Geral de Mocidades da Aliança Espírita Evangélica. Com sensibilidade à flor da pele, momentos de alegria e de tristezas afloraram e comoveu muita gente, inclusive eu. Foram lágrimas e lágrimas escorridas a cada lembrança, a cada abraço, a cada sorriso, a cada momento de saudade e de arrependimento. Não esperava tanta emoção assim, que, ao passar dos dias, aumentava cada vez mais.

Fica marcado na memória, no coração, de onde jamais alguém conseguirá retirar.
Fica marcado no íntimo de cada um, assim como eu e de muitos outros, o 1º encontro, apenas o 1º de muitos que estão por vir…

Agradeço cada sorriso, cada abraço de conforto, de carinho, cada lágrima, cada momento e cada amigo que estava ao nosso lado.

Obrigado a todos.

Minas, aí vamos nós uai!

Matheus de Almeida Paula (participação como aluno)
Casa de Timóteo – SBC

Um misto de sentimentos. Isso é o Encontro Geral. Não sei se o meu 6º ou 7º Geral, depois de algum tempo sem participar, volto e relembro porque gostava de tudo aquilo. Ver sorrisos estampados naqueles 700 rostinhos é encher o meu coração de luz e paz. É dar forças para encarar a realidade, é lembrar que a minha vida tem dois planos que interagem, é reenergizar-se para um ano de muito trabalho com a Mocidade.

O Encontro Geral é muito mais do que um evento em que jovens se reúnem em um mesmo ideal, é estar durante quatro dias em um mundo à parte, um mundo em que ninguém é melhor que ninguém e todos se amam simplesmente por estarem ali. Um mundo onde sorrisos e abraços sinceros fazem parte da realidade. Um mundo onde não existe maldade, não existem pré-conceitos ou pré-julgamentos. Um mundo onde só se tem amigos e amigos verdadeiros. Um mundo ideal…

O desafio? Levar este mundo para o nosso dia-a-dia. Eu vou tentar e você???

Bárbara Paludeti (participação como estrutura)
Fraternidade Espírita Renascer – SA

Também quer ver seu depoimento aqui? Mande para remoabc@bol.com.br

Abraços em luz,

Equipe REMO ABC

Categorias: Encontros | Tags: , , , , , | 4 Comentários

%d blogueiros gostam disto: